Plástica DF
 
Página Inicial Dr. Fábio Faria Notícias/Dicas Convênios Preços Contato
 
 
PROCEDIMENTOS
 

Asa Sul - 61 3702-0001 / 3702-0009
Taguatinga - 61 3702-6000 / 3703-0008
Celulares - 61 98123-3333 (Claro),
98277-7775 (Tim) , 99997-9992 (OI)
e 3702-6000 (Vivo)
   
 
   
Página Inicial | Perguntas e Respostas | Sobre Ginecomastia  

 
Tire suas principais dúvidas Sobre Ginecomastia. Para isso, basta clicar nos tópicos abaixo.

1 - O que é Ginecomastia?
2 - Como deve ser uma mama normal no homem?
3 - Qual a percentagem de ginecomastia em homens?
4 - Na ginecomastia que alterações as mamas podem ter?
5 - Quais são os relatos de homens que tem ginecomastia?
6 - Entenda como ocorre o aumento das mamas no homen
7 - Quais os tipos de Ginecomastia?
8 - Com que idade pode aparecer a ginecomastia?
9 - Classificação da ginecomastia e tipo de cirurgias:
10 - Como é a cirurgia de ginecomastia?
11 - Como ficarão minhas cicatrizes após a cirurgia de ginecomastia?
12 - Após a lipoaspiração, se eu engordar a gordura volta?
13 - Após a retirada da glândula, ela pode voltar?
14 - Pacientes acima do peso ideal podem ser operados de ginecomastia?
15 - Surgimento de mamas na adolescência , pode desaparecer?
16 - Quais as causas de ginecomastia?
17 - A interrupção do uso de anabolizantes desaparece a ginecomastia?
18 - Masturbação faz crescer o peito?
19 - Qual a principal motivação para que o homem procure o cirurgião plástico para o tratamento de ginecomastia?
20 - E se eu apresentar quelóide no pós-operatório?
21 - Que tipo de vestimenta se usa após a cirurgia de ginecomastia?
22 - Qual é a idade mínima para a cirurgia de correção de ginecomastia?
23 - Os adolescentes que tem ginecomastia podem ficar inibidos e com a auto-estima baixa?
24 - Quem apresenta ginecomastia tem a chance de apresentar câncer de mama?
25 - É mais freqüente acontecer nas 2 mamas ou em uma só?
26 - Quais são os melhores canditados à correção de ginecomastia?
27 - Quais são as principais intercorrências da cirurgia de ginecomastia?
28 - Ocorre perda de sensibilidade após cirurgia de ginecomastia?
29 - Há risco na cirurgia de ginecomastia?
30 - A cirurgia de ginecomastia deixa cicatrizes?
31 - Onde se localizam as cicatrizes na cirurgia de ginecomastia?
32 - Com o passar do tempo, como fica a cicatriz?
33 - Qual o tipo da anestesia utilizada?
34 - Quanto tempo dura a cirurgia de ginecomastia?
35 - Qual o período de internação?
36 - São usados drenos após a cirurgia de ginecomastia?
37 - Quando são retirados os pontos?
38 - Após a cirurgia de ginecomastia pode aparecer endurecimento nas mamas?
39 - Os resultados definitivos aparecem quando?
40 - O pós-operatório da cirurgia de ginecomastia é doloroso?
41 - Quando posso me expor ao sol?
42 - Quais os cuidados após a cirurgia?
43 - Quais as orientações do pós-operatório de ginecomastia?
44 - Quando poderei retornar à atividade física?
45 - Quais os benefícios causados pela correção da ginecomastia?
46 - Qual é o preço de uma cirurgia de ginecomastia?
 

 
1 - O que é Ginecomastia?

O termo ‘Ginecomastia’ é derivado das palavras gregas ‘gyne’ que significa mulher e ‘mastos’ que significa seios. O termo é usado para descrever mamas aumentadas em homens.

A ginecomastia é o nome dado ao aumento do volume mamário masculino, por tecido adiposo ou tecido glandular mamário ou ambos.

 

Voltar às Perguntas


 
2 - Como deve ser uma mama normal no homem?

No homem, a região peitoral do tórax deve constituir-se principalmente de músculos peitorais, com uma quantidade mínima de tecido adiposo (gordura) e de tecido glandular (mama). Isto dará a região do tórax masculino uma forma mais plana, ao contrário da forma cônica que define a região peitoral feminina, resultado de grandes quantidades de tecido mamário glandular e gorduroso.

I) Anatomia da Pele:

A elasticidade da pele e a espessura do tecido subcutâneo são importantes para o resultado final da cirurgia da ginecomastia. Existem vários graus de elasticidade da pele.

Os fatores importantes ao avaliarmos a elasticidade da pele do paciente são:

a) Forma da Mama: que pode ser caída (ptose) ou tuberosa.
b) Idade do Paciente: quanto mais jovem, maior elasticidade da pele.
c) Flacidez: traduzida pelo excesso de pele que o paciente apresenta.

O entendimento da importância da elasticidade da pele se dá pelo fato que, em alguns casos, dependendo da quantidade de flacidez de pele e da forma da mama, será necessário retirada de pele.

II) Anatomia do Tecido Adiposo (Gorduroso):

A gordura na região peitoral do tórax localiza-se entre os músculos peitorais e a pele. Existem basicamente dois tipos de gorduras nesta região, uma mais fibrosada que se entremeia-se com o tecido glandular mamário e outro tipo de gordura mais macia que localiza-se abaixo do tecido mamário e ao seu redor.

Existe uma enzima chamada aromatase, presente principalmente no tecido gorduroso periférico, que converte a testosterona em estradiol. Também existe uma proteína sanguínea que se liga mais a testosterona do que ao estradiol no sangue, deixando desta forma mais testosterona inativa do estradiol.

Portanto, quando engordamos, aumentamos o tecido gorduroso e consequentemente haverá maior número de enzimas aromatases, levando a uma maior degradação da testosterona para o estradiol.

 

Voltar às Perguntas


 
3 - Qual a percentagem de ginecomastia em homens?

A literatura varia muito, mas em geral cerca de 40 a 60 % dos homens são afetados pela ginecomastia. Sendo que, cerca de 40 % dos casos ocorrem na puberdade, de forma transitória onde regride espontaneamente.

 

Voltar às Perguntas


 
4 - Na ginecomastia que alterações as mamas podem ter?

O mamilo (bico) e a aréola raramente apresentam mudanças significativas, embora à hipertrofia mamilar e o alargamento da aréola possam ocorrer. Dor é um sintoma ocasional em casos de ginecomastia verdadeira.

Com a obesidade ocorre acúmulo de gordura na região torácica, aumentando as mamas no homem. Este aumento é acompanhado pelo crescimento da pele à sua volta. Caso haja perda brusca de peso, a redução do conteúdo gorduroso mamário se faz sem que a pele o acompanhe. Por isso a flacidez, causando a queda das mamas.

 

Voltar às Perguntas


 
5 - Quais são os relatos de homens que tem ginecomastia?

Todos ou quase todos não tiram a camisa de jeito nenhum.
Geralmente utilizam camisas folgadas.
Acham que seus mamilos ficam projetando nas camisas.
Tem muita vergonha de si mesmo.
Tem vergonha de se despir na frente de outras pessoas, às vezes até de sua companheira.
Referem que os seios são grandes iguaizinhos de uma mulher.
Alguns utilizam o artificio de passar faixa bem apertada em volta do tórax para disfarçar, quando as mamas são grandes.
Acham que estão sendo observado o tempo todo.

 

Voltar às Perguntas


 
6 - Entenda como ocorre o aumento das mamas no homen

No homem este órgão é bastante rudimentar não havendo uma finalidade funcional para o mesmo.

A mama masculina, mesmo sendo um órgão rudimentar, apresenta as mesmas células que a mama feminina, difere da mama feminina pela quantidade e qualidade do tecido glandular. O tecido glandular mamário em ambos os sexos são compatíveis. O predomínio do estrogênio induz o crescimento da glândula e estroma mamário.

Existem alguns hormônios importantes no aumento ou na diminuição do volume mamário, bem como no processo da lactação. Abaixo descreveremos de maneira sucinta as funções e inter-relações existente entre eles.

a) Estradiol: é um hormônio sexual, produzido principalmente pelos folículos ovarianos, podendo também ser produzido pela glândulas supra-renais e a placenta. Nas mamas suas funções incluem, aumento do desenvolvimento dos ductos mamários e aumento da deposição de gordura.
b) Progesterona: é produzido pelo corpo lúteo, ovário e placenta, podendo também ser produzido pelas glândulas supra-renais. Esta prepara a mama para produção de leite através do crescimento dos alvéolos e lóbulos da glândula mamária.
c) Prolactina: é produzida pela adenoipófise, que estimula a produção de leite nas glândulas mamárias e o aumento das mamas.
d) Testosterona: é produzida nos homens pelos testículos e nas mulheres pelo ovário, e em pequenas quantidades pelas glândulas supra-renais. É um hormônio responsável pelo desenvolvimento e manutenção das características masculinas normais, sendo importante na função sexual e no desempenho sexual, é o principal hormônio masculino. Este hormônio impede o desenvolvimento mamário.

A ginecomastia decorre de um desliquilíbrio entre a ação estrogênica e androgênica (hormônios masculinos, como a testosterona) sobre o tecido mamário masculino. Quando há um aumento das concentrações de hormônios como o estradiol, progesterona ou prolactina, isoladamente ou simultaneamente e ou a diminuição dos níveis de testosterona, em ambas as situações ocorrerá um aumento do tamanho mamário, chamada de ginecomastia, nos homens.

 

Voltar às Perguntas


 
7 - Quais os tipos de Ginecomastia?

O conteúdo é quem determina o tipo de ginecomastia.

a) Ginecomastia Verdadeira: É quando o aumento do volume mamário masculino ocorre predominantemente por acúmulo de tecido glandular e estroma mamário.
b) Pseudoginecomastia: ocorre quando há um aumento do volume mamário através de uma lipodistrofia do tórax, ou seja, há um excesso de acúmulo de tecido gorduroso.
c) Ginecomastia Mista: ocorre na maioria dos homens, há um aumento da mama ocasionado tanto por depósito gorduroso, como por aumento do tecido glandular.

 

Voltar às Perguntas


 
8 - Com que idade pode aparecer a ginecomastia?

A Ginecomastia pode aparecer em qualquer idade e é um diagnóstico relativamente comum.

a) Ginecomastia Neonatal: é causada pelos os altos níveis de hormônios estradiol e progesterona, transferidos pela mãe para o recém nascido, através da placenta. Ocorre em mais de 90 % dos recém nascidos. Não necessita de tratamento uma vez que regride até o sexto mês de vida.
b) Ginecomastia Puberal: cerca de 25% a 40% de todas as ginecomastias são puberal. É causada pela diminuição da relação hormonal andrógenos/estrógenos na puberdade. Há uma maior ocorrência por volta dos 14 anos de vida, acometendo ambas as mamas. Senão regredirem após 2 anos de evolução, não vão regredir espontaneamente, assim há a necessecidade de tratamento cirúrgico para eventuais correções.
c) Ginecomastia Senil: acredita-se que com a redução dos níveis sanguíneos de testosterona, que acontece naturalmente com a idade, o aumento da degradação da testosterona para estrógeno no tecido gorduroso periférico, associado a um aumento dos níveis sanguíneos da proteina que se liga a testosterona, inativando-a, levam a uma redução da relação testosterona/estradiol, ocasionado a ginecomastia. Cerca de 40 % dos homens saudáveis terão ginecomastia senil. Seu tratamento requer tratamento, na maioria das vezes cirúrgico, além de um acompanhamento endocrinológico, para eventuais reposições hormonais.

 

Voltar às Perguntas


 
9 - Classificação da ginecomastia e tipo de cirurgias:

A literatura varia muito, mas em geral podemos classificar em 3 ou 4 graus, nessa pergunta classificaremos em 3 graus.

Grau l: nódulo de tecido glandular concentrado ao redor e abaixo da aréola, em pacientes com tórax não gorduroso e sem excesso de pele. Geralmente são fáceis de remover através de pequena incisão na região areolar.

Grau ll: a ginecomastia se apresenta difusa no tórax. Com mais tecido gorduroso associado ao aumento da glândula mamária. A correção se faz através da ressecção da glândula associada à lipoaspiração tecido gorduroso ao redor, para melhor resultado.

Grau lll: a ginecomastia é difusa, com grande excesso de pele. Estes pacientes necessitam de uma técnica mais elaborada e lipoaspiração complementar. Poderão necessitar de retirada de pele e reposicionamento do complexo aréolo-mamilar em alguns casos.

 

Voltar às Perguntas


 
10 - Como é a cirurgia de ginecomastia?

Antes de tratar a ginecomastia, deve ser feito o diagnóstico da causa, pois o tratamento correcto e eficaz depende disso.

O diagnóstico é feito através da avaliação da presença de um aumento predominantemente glandular ou adiposo (de gordura), a qualidade da pele, o grau de ptsose (se a mama está ou não descaída), o posicionamento e a dimensão dos mamilos e aréola e assimetrias existentes.

A cirurgia se baseia em ressecção da glândula ou da gordura excedentes. Podendo-se associar os dois procedimentos em alguns casos para aprimorar o resultado.

I) Lipoaspiração é realizada quando o volume mamário presente é de natureza adiposa (gordura). A lipoaspiração através de uma pequena incisão praticamente invisível, é feita na região peitoral do tórax e nas regiões axilares, onde se remove o volume mamário indesejado , com maior harmonia, simetrização e uniformidade da região.

II) Ressecção cirúrgica, faz-se incisão ao redor da aréola, em metade da aréola ou ao redor da aréola toda e retira-se a glândula mamária. Se houver muito excesso de pele, há necessidade de ressecção de pele, que existem várias técnicas. Na maioria das vezes deve-se fazer uma lipoaspiração ao redor da aréola para haver uma regularização nas laterais da ressecção glandular para que não fique depressivo na aréolas.

 

Voltar às Perguntas


 
11 - Como ficarão minhas cicatrizes após a cirurgia de ginecomastia?

As cicatrizes são muito pequenas e depois de algum tempo se tornam pouco aparentes, sendo também cobertas com os pêlos da região. Normalmente se localiza na parte inferior da aréola, nas mamas pequenas e com boa retração de pele.

Nas mamas muito grandes devemos avaliar o grau de flacidez de pele para decidirmos se será preciso retirar pele ou se ela poderá sofrer retração natural. Se a pele não retrair tem que retirar o excesso de pele. É importante salientar que as técnicas cirúrgicas a serem utilizadas poderão resultar em cicatrizes tipo uma vertical ou um “T”invertido de acordo com o caso.

As cicatrizes apresentam modificações ao longo do tempo e cada paciente comporta-se diferentemente do outro em relação à evolução das cicatrizes, podendo em vários casos tornar-se muito pouco visíveis. É importante avaliar cicatrizes de cirurgias anteriores para avaliar no prognóstico. Certas pacientes podem apresentar tendência individual à cicatrização inestética, hipertrófica ou ao quelóide. Esta tendência, deverá ser avaliada durante a consulta inicial. O cirurgião prescreverá tratamentos para evitar as cicatrizações patológicas.

 

Voltar às Perguntas


 
12 - Após a lipoaspiração, se eu engordar a gordura volta?

Aquela gordura que foi lipoaspirada não volta mais. No entanto, novos depósitos de gordura serão formados e poderá haver um prejuízo no resultado obtido com a cirurgia, embora muitas das vezes seja discreto e não necessite de nova intervenção.

 

Voltar às Perguntas


 
13 - Após a retirada da glândula, ela pode voltar?

Na maioria das vezes, não volta. Se houver um desequilíbrio hormonal, pode-se ter a proliferação de tecido glandular, embora muitas das vezes seja discreto e não necessite de nova intervenção.

 

Voltar às Perguntas


 
14 - Pacientes acima do peso ideal podem ser operados de ginecomastia?

Sim. Se esta incomodando ao paciente , a cirurgia poderá ser realizada.

 

Voltar às Perguntas


 
15 - Surgimento de mamas na adolescência , pode desaparecer?

A ginecomastia é muito comum na adolescência devido às alterações hormonais nessa fase. Se a ginecomastia não desaparecer dentro de 2 anos ou for muito grande, deve ser realizado o tratamento cirúrgico.

 

Voltar às Perguntas


 
16 - Quais as causas de ginecomastia?

Ginecomastia fisiológica

·  Ginecomastia do recém-nascido

·  Ginecomastia puberal

·  Ginecomastia do envelhecimento

Drogas relacionadas a Ginecomastia

·  Hormônios (andrógenos, HCG, estrógenos, GH)

·  Antiandrógenos ou inibidores da síntese de andrógenos (ciproterona, flutamida)

·  Antibióticos (isoniazida, cetoconazol, metronidazol)

·  Antiulcerosos (cimetidina, omeprazol, ranitidina)

·  Quimioterápicos (agentes alquilantes)

·  Drogas cardiovasculares (amiodarona, IECAs, digitoxina, nifedipina, reserpina, espironolactona, metioldopa, verapamil);

·  Drogas psicoativas (diazepam, haloperidol, fenotiazinas, antidepressivos tricíclicos)

·  Outras drogas (álcool, anfetaminas, heroína, maconha)

Causas endócrinas

·  Hipogonadismo primário (com lesão de células de Leydig)

·  Hiperprolactinemia

·  Tireotoxicose

·  Defeitos do receptor androgênico

·  Aumento de atividade de aromatase

Doenças sistêmicas

·  Cirrose hepática

·  Insuficiência renal crônica

·  Re-alimentação após período de inanição

Neoplasias

·  Tumor testicular germinativo ou tumor de células de Leydig

·  Tumor adrenal feminilizante

·  Tumor não-trofobástico secretor de HCG

 

Voltar às Perguntas


 
17 - A interrupção do uso de anabolizantes desaparece a ginecomastia?

Os anabolizantes podem causar ginecomastia , mas a suspensão dos mesmos não é garantia do seu desaparecimento completo. Uma vez crescida a glândula mamária o dano já foi causado e permanecerá, podendo haver apenas uma redução quando o agente causal for retirado. Contudo, haverá necessidade de cirurgia para a devida correção do tecido mamário residual.

 

Voltar às Perguntas


 
18 - Masturbação faz crescer o peito?

Não. Não se sabe onde surgiu essa relação mas isso é um mito popular que prejudica os portadores de ginecomastia, pois ficam envergonhados com o que os outros pensam dele. Quando descobrem que isso não é verdade há uma alívio para os pacientes.

 

Voltar às Perguntas


 
19 - Qual a principal motivação para que o homem procure o cirurgião plástico para o tratamento de ginecomastia?

Sem dúvida, é a vergonha em expor o seu tórax em público. São pacientes que tem dificuldade em tirar a camisa em uma academia, na praia, etc.

Outro fator motivador é a preocupação com a possibilidade de câncer.

 

Voltar às Perguntas


 
20 - E se eu apresentar quelóide no pós-operatório?

Existe vários tratamentos que poderão ser instituído nesse caso e o Dr. Fábio Faria indicará o mais adequado para cada caso.

 

Voltar às Perguntas


 
21 - Que tipo de vestimenta se usa após a cirurgia de ginecomastia?

É utilizado um colete pós cirúrgico de compressão que dará mais firmeza e segurança aos movimentos e diminuirá a chance de formação de hematomas e inchaços.

 

Voltar às Perguntas


 
22 - Qual é a idade mínima para a cirurgia de correção de ginecomastia?

Uma vez diagnosticada a ginecomastia e se após dois anos do aparecimento da ginecomastia, não houve regressão, o paciente poderá submeter-se a cirurgia para correção.

 

Voltar às Perguntas


 
23 - Os adolescentes que tem ginecomastia podem ficar inibidos e com a auto-estima baixa?

Sim. Existem trabalhos científicos que mostram alterações psicológicas em boa parte dos jovens que apresentam ginecomastia.

 

Voltar às Perguntas


 
24 - Quem apresenta ginecomastia tem a chance de apresentar câncer de mama?

Não. Não existe essa correlação mas deve-se excluir a possibilidade de câncer através de exames adequados, pois os sintomas podem se confundir.

 

Voltar às Perguntas


 
25 - É mais freqüente acontecer nas 2 mamas ou em uma só?

A ginecomastia bilateral é bem mais comum que a unilateral

 

Voltar às Perguntas


 
26 - Quais são os melhores canditados à correção de ginecomastia?

Todos os pacientes que se sentem incomodados com aumento do volume mamário são ótimos candidatos a essa cirurgia. Os pacientes que tem pele firme e elástica terão melhor resultado pois essa pele retrairá e se adaptará à nova forma da região torácica.

 

Voltar às Perguntas


 
27 - Quais são as principais intercorrências da cirurgia de ginecomastia?

Os riscos existem em qualquer cirurgia. Esses riscos incluem infecção, seromas, hematomas, trombose venosa , irregularidades na pele, necrose de aréola, inversão dos mamilos, assimetrias, depressões, alergias aos fios e reação adversa à anestesia.

 

Voltar às Perguntas


 
28 - Ocorre perda de sensibilidade após cirurgia de ginecomastia?

Pode ocorrer uma alteração transitória da sensibilidade, perda ou dormência, principalmente nas aréolas , que podem durar até um ano.

 

Voltar às Perguntas


 
29 - Há risco na cirurgia de ginecomastia?

Normalmente esta cirurgia não está associada à ocorrência de complicações sérias, desde que respeitados certos critérios de risco. Mas como todo ato médico, apresenta um risco variável e a cirurgia plástica como parte da medicina não é exceção. Pode-se diminuir este risco preparando-se adequadamente cada paciente, mas não é possível eliminá-lo completamente. Por isso, todo o rigor no uso de medidas preventivas, tais como um check-up pré-operatório, dentre outras.

 

Voltar às Perguntas


 
30 - A cirurgia de ginecomastia deixa cicatrizes?

Toda cirurgia deixa cicatrizes mas esta cirurgia permite a inserção de cicatrizes em locais disfarçados. A cicatriz costuma ser pequena e de boa qualidade, o que, somado à uma localização oculta, torna-a bastante discreta.

 

Voltar às Perguntas


 
31 - Onde se localizam as cicatrizes na cirurgia de ginecomastia?

Nas aréolas e ou nos sulcos mamários.

 

Voltar às Perguntas


 
32 - Com o passar do tempo, como fica a cicatriz?

Período imediato : Vai até o 30º dia e apresenta-se com bom aspectol. Alguns casos apresentam discreta reação aos pontos ou ao curativo.

Período mediato : Vai do 30º dia até 12º mês. Neste fase haverá espessamento natural da cicatriz, bem como mudança na tonalidade de sua cor, passando de “vermelho” para o “marrom”, que vai, aos poucos, clareando. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial, é o que mais preocupa os pacientes. Como não podemos acelerar o processo natural da cicatrização, recomendamos aos pacientes calma, pois o tempo se encarregará de reduzir os vestígios cicatriciais.

Período Tardio : Vai do 12º ao 18º mês. Neste período, a cicatriz começa a tornar-se mais clara e menos consistente atingindo o seu aspecto definitivo. A avaliação do resultado definitivo da cicatriz deverá ser feita após este período.

 

Voltar às Perguntas


 
33 - Qual o tipo da anestesia utilizada?

Peridural ou geral.

 

Voltar às Perguntas


 
34 - Quanto tempo dura a cirurgia de ginecomastia?

Em média de 90 minutos até 120 minutos Se houver a necessidade da retirada de pele , o tempo cirúrgico estender-se-á um pouco mais. É necessário que o paciente entenda que o tempo de cirurgia não deve ser confundido com o tempo de permanência no centro cirúrgico, pois esta permanência inclui a preparação anestésica e recuperação pós-operatória.

 

Voltar às Perguntas


 
35 - Qual o período de internação?

De 6 a 24 horas.

 

Voltar às Perguntas


 
36 - São usados drenos após a cirurgia de ginecomastia?

Drenos de aspiração, usados rotineiramente, servem para evitar o acúmulo de secreção nas mamas. Geralmente, são retirados entre 24 e 72 horas após a cirurgia.

 

Voltar às Perguntas


 
37 - Quando são retirados os pontos?

Na maioria das vezes, os pontos são absorvíveis e não precisam ser retirados. Se houver algum ponto externo, esses são retirados até o décimo quarto dia de pós-operatório.

 

Voltar às Perguntas


 
38 - Após a cirurgia de ginecomastia pode aparecer endurecimento nas mamas?

Haverá um período de endurecimento na área que deverá ser tratado com drenagens linfáticas. A normalização da elasticidade no local acontece entre 3 e 6 meses.

 

Voltar às Perguntas


 
39 - Os resultados definitivos aparecem quando?

Após a cirurgia, há um inchaço que leva cerca de dois meses para desaparecer. O formato definitivo do tórax só aparece em torno de seis meses após a cirurgia, apesar do resultado imediato e mediato serem satisfatórios.

 

Voltar às Perguntas


 
40 - O pós-operatório da cirurgia de ginecomastia é doloroso?

Eventualmente poderá ocorrer manifestação dolorosa que facilmente cederá com os analgésicos receitados.

 

Voltar às Perguntas


 
41 - Quando posso me expor ao sol?

Deve-se evitar a exposição das cicatrizes ao Sol por, no mínimo, 3 meses. Além da proteção física, deve ser usado nas cicatrizes um protetor solar com FPS acima de 50. Se houverem manchas roxas, deve-se retardar a exposição ao sol.

 

Voltar às Perguntas


 
42 - Quais os cuidados após a cirurgia?

Usar colete pós cirúrgico para manter a compressão sobre a região operada e evitar complicações do tipo: hematoma e seroma.

Alerta-se para evitar esforço físico com os braços, dirigir automóvel e esportes, variando de 15 a 30 dias, de acordo com o caso.

 

Voltar às Perguntas


 
43 - Quais as orientações do pós-operatório de ginecomastia?

O pós-operatório da cirurgia de ginecomastia exige o uso de colete pós cirúrgico sobre o tórax durante a primeira semana e repouso relativo. Isto quer dizer que os exercícios físicos, praia e os esportes devem ser evitados até que esteja completamente cicatrizado. A compressão tem a função de promover maior aderência da pele aos tecidos musculares e reduzir o inchaço local. Ela também oferece proteção à região quanto a possíveis traumas. Massagens locais são recomendadas após dez dias da intervenção; esta tem como finalidade fazer a drenagem linfática para diminuir o edema residual e assim melhorar na recuperação do paciente.

 

Voltar às Perguntas


 
44 - Quando poderei retornar à atividade física?

Em uma semana é possível voltar ao trabalho, desde que ele não exija muito esforço físico. Após 2 semanas, você poderá fazer caminhadas leves e dirigir. Com 1 mês de cirurgia, você já poderá retornar à sua rotina normal de exercícios incluindo os de braços e peitoral, que deverá ser gradativo. Sendo que com 2 meses a vida volta ao normal.

 

Voltar às Perguntas


 
45 - Quais os benefícios causados pela correção da ginecomastia?

Melhora do contorno corporal masculino, melhora na auto-estima e no convívio social.

 

Voltar às Perguntas


 
46 - Qual é o preço de uma cirurgia de ginecomastia?

Trabalhamos com preço justo para que todos tenham acesso a essa cirurgia. Isso é compromisso social. Os preços são passados após a consulta pois existem muitas variáveis que vão influenciar nos preços de uma cirurgia de ginecomastia.

Para finalizar, a cirurgia de ginecomastia é hoje uma cirurgia relativamente simples, segura e com alto índice de satisfação dos pacientes, o que a faz tão popular nos dias atuais.

Essas orientações representam uma visão geral e poderão mudar dependendo do caso. Todas as dúvidas devem ser completamente esclarecidas, de acordo com cada caso, nas consultas que antecedem a cirurgia.

 

Voltar às Perguntas


 
  borboleta
 
 
 
 
NOTÍCIAS / DICAS
 
 
 
 
 
 
 
Advance Centro Clínico Sul
61-3702-0001 / 3702-0009

SGAS 915 Lote 69ª e 70A Sala 113
Asa Sul - Brasília/DF
Hospital Santa Marta
61-3702-6000 (Vivo) / 3703-0008

QSE 11 ae 1/17 sala 204 - Taguatinga Sul
Taguatinga/DF
facebook
Copyright © 2017
RT: Dr. Fábio Faria - CRM-DF 11314

Desenvolvido por: PortalBSB

Drenagem linfatica e lipoaspiracao, proteses silicone de mamas e botox em Brasília DF

Cirurgias Plasticas em Brasília DF: Drenagem linfatica, proteses de silicone de mamas, lipoaspiracao e botox.

Cirurgias face e corpo: blefaroplastia (cirurgia das palpebras), otoplastia (correcao da orelha em abano), mentoplastia de aumento ou cirurgia do queixo, ritidoplastia para rejuvenescimento facial, rinoplastia ou plástica do nariz, mamoplastia de aumento com protese de mamas (implantes silicone) e redutora, mastopexia e mastopexia com proteses ou lifting de mamas, abdominoplastia (cirurgia de abdomen), lipoaspiracao e contorno corporal. Clinica cirurgia plástica estetica com tratamentos drenagem linfatica, botox, cicatrizacao patologica e cicatriz inestetica, peeling ou resurfacing da pele, cirurgia íntima, ninfoplastia, monte de vênus, liffting de face, protese de mama, laser de co2 fracionado, lipoescultura, cirurgia plástica pós bariátrica, cirurgia pós perda de peso, preenchimento, rejuvenescimento facial, prótese de bumbum, mama redutora, prótese de peitoral, prótese de mento, prótese de queixo, cirurgia em mamas masculina, elevação de sobrancelhas, liffting facial.